“Foram lágrimas verdadeiras”

A actriz assume que a Luena, de A Única Mulher, foi um marco na sua carreira, mas adianta que gostava que o seu próximo papel fosse cómico. Para já, está de férias e prepara-se para ser a “nova menina da rádio”

Depois de 21 meses a dar vida a Luena, Rita Pereira admite que ainda não “se despediu totalmente” desta personagem. “Não até ela morrer. Vou gravar o episódio, porque fiz uma cena muito especial com a Marta Melro que quero muito ver. Estou muito ansiosa, não pelo momento em que estou quase a morrer, mas por aquela última parte, antes de eu levar o tiro, com a Marta. Essa sim foi a minha cena final, foi muito intenso. Foram oito minutos o que não é normal ser tanto tempo. Só nós as duas. Eu e a Marta saímos um bocadinho das personagens e entrámos naquela cena como Rita e como Marta. Foi muito emotivo e conseguimos deixar a equipa a chorar e quando um câmara chora é porque se passa ali algo de bom, foram mesmo lágrimas verdadeiras. Depois foi difícil voltar a gravar porque estávamos muito emocionadas. Fiquei muito orgulhosa do resultado.”

O desfecho da personagem não agradou ao público e a actriz conta que “na rua falam-me da novela. Quando me chamam Luena ainda olho. As pessoas não concordam com a morte dela, sentem-se revoltadas e tristes, não acham bem os filhos ficarem órfãos de mãe e, depois de tudo o que ela passou, gostariam que o seu destino fosse ficar com o Norberto e os filhos.”

Apesar de já ter dado vida a várias personagens, Rita Pereira não tem dúvidas que “a Luena foi um marco na minha carreira e a Imprensa deu-me mais crédito como actriz, também tenho de agradecer isso”. Por agora, está de férias e não sabe qual será o seu próximo projecto. “Estava a precisar desta pausa. Vou estar parada e não sei quando volto, sei que na próxima novela não será, mas confesso que não me importava de voltar se aparecesse uma personagem forte, uma vilã ou uma cómica, numa das novas séries que a TVI está a fazer. Adorava que a TVI me desse a oportunidade de fazer um papel cómico, comédia é o que mais gosto e até me safo. A única que fiz foi a Estrelinha.” Mas não esconde que o teatro também pode ser um dos próximos caminhos. “Estou à espera de uma peça que me faça subir ao palco e que me ‘encha as medidas’.”

“Acredito que o destino está traçado”

Sendo uma das actrizes mais bonitas e sensuais da sua geração, Rita Pereira representa várias marcas e é um exemplo a seguir para as mulheres portuguesas. Embaixadora da Oriflame, a actriz deu a cara pela nova colecção da marca: My Destiny, destinada a mulheres com uma energia rara, que seguem o seu próprio caminho e que desenham o seu destino com confiança.

Conhecida pela sua personalidade forte e determinada, Rita Pereira assume: “Acredito que o destino já está traçado, mas com a nossa força de vontade e com o acreditar que conseguimos, podemos desviá-lo um bocadinho, mas creio que o destino existe, sim. Sou uma pessoa que sente muito as energias dos outros. A minha irmã às vezes até me manda calar, mas às vezes quando me apercebo que aquela pessoa não tem uma boa energia sinto logo isso. Sou muito de energias.” E o que faz uma mulher sentir-se forte, confiante e única? A actriz explica que “o poder das mulheres vem da autoconfiança. Se és uma pessoa que sabes o que queres e que não te deixas influenciar, acabas por criar a tua autoconfiança. Desde pequena que sou uma pessoa que gosta de dar autoconfiança aos outros. Eu tenho porque acredito em mim, porque acredito que consigo fazer. Eu digo: acho que vou conseguir, por isso vou tentar e isso faz toda a diferença”.

Sobre o novo perfume My Destiny a actriz revela: “identifico-me com a fragrância, não dava a cara por algo com o qual não me identificasse. É superfresca e light. Gosto de perfumes doces, como embaixadora recomendo”, confidenciando que “de dia uso mais colónias e quando saio à noite ou para eventos, uso perfume. Não saio de casa sem colocar, os meus amigos dizem que tomo banho em colónia. Há 12 anos que sou fiel a um perfume”, não revelando qual.

Projecto na rádio

As tardes da RFM contam com um reforço de peso. De segunda a sexta-feira, Rita Pereira junta-se a Carolina Camargo para mostrar o seu lado mais emocional e divertido. “Vai ser um programa da Hyndia TV em que vou abordar vários temas. Os ouvintes fazem perguntas em directo e eu respondo. É mais um desafio e estou superentusiasmada”, conta, garantindo que não teme as perguntas mais indiscretas: “Não tenho medo nenhum, estou supertranquila.”

“Vou ter tendência para ganhar 30 quilos”

Adepta da prática de exercício físico, Rita Pereira acredita que vai engordar bastante na gravidez

De férias, Rita Pereira continua imparável. Num só dia deu uma aula de fitness, no Estádio do Jamor, e subiu ao palco do Campo Pequeno, onde teve lugar o concerto A Única Mulher. Se de manhã o visual era desportivo, para a noite escolheu um look trendy. “Inspirei-me em mim. São peças do meu armário”, contou a actriz, de 34 anos.

Ser mãe continua a fazer parte dos planos de Rita, e, nessa altura, o exercício físico “vai ser ainda mais fundamental”: “Eu gosto muito de comer e imagino que o meu filho, pelos genes, também, portanto, na gravidez vou ter tendência para ganhar 30 quilos, o que eu não quero que aconteça”.

Considerada uma das mulheres mais desejadas do nosso país, a actriz revelou também que um dos seus segredos é fazer vários treinos diferentes: “Não treino apenas para ficar fit. Treino porque me faz mesmo bem à cabeça e porque me sinto uma mulher com mais power, confessou.

Rita Pereira no Festival Made in Portugal, em Dietikon, Suíça

É já no próximo dia 8 de Outubro que irá acontecer, em Dietikon, na Suíça, o festival Made In Portugal e que contará com a presença da Rita para uma sessão de autógrafos. Para além da Rita estarão presentes Anselmo Ralph, Dengaz, Jay Santos, entre outros.

Podem comprar os bilhetes clicando aqui e também podem ler mais informações no cartaz!

08_10_2016_2-kopie

(cliquem sobre o cartaz para o visualizarem numa resolução maior)