“Sou muito feliz, não como só couves”

A actriz de 33 anos revela os cuidados que tem para se manter em forma. Uma imagem a ser confirmada na novela A Única Mulher onde interpreta Luena

Um triângulo de queijo e duas tangerinas tinha sido o lanche de Rita Pereira no dia em que conservá-mos com a actriz. “Mudei a minha alimentação, comecei a treinar outra vez e a ter mais cuidado com a pele”, conta a actriz que nos últimos anos tem contado com o apoio da nutricionista e amiga Ana Bravo nos seus novos hábitos. “Conhecia-a há cerca de três anos e gostei logo do trabalho dela porque é tudo muito naturalista.
Vai ao encontro das nossas necessidades. Por exemplo disse-lhe logo para não me tirar o pão de manhã porque eu iria comê-lo sempre. Como gasto muita energia também nunca poderia ter uma dieta sem hidratos de carbono”
, explica a actriz que actualmente dá vida a Luena em A Única Mulher, novela em exibição na TVI. “A Ana ensinou-me por exemplo que o leite, mesmo o magro, faz imensa celulite porque faz muita retenção de líquidos”, revela Rita, explicando que deixou de beber o “galãozinho” que bebia no Inverno. “Substitui por queijo e iogurtes”, continua, revelando que tem um problema de circulação. “Fico muito inchada porque faço retenção de líquidos e a Ana disse-me para tomar umas ervinhas e gosto disso porque toda a base dela é muito homeopática”.

A ementa do dia-a-dia

“De manhã levo sempre o meu pequeno almoço e quando não levo tenho sempre guardado um pão de cereais e bebo um sumo de laranja natural”, conta Rita, explicando que à hora do almoço come no refeitório
mas não tudo o que lhe apetece. “Hoje por exemplo havia um rancho maravilhoso e apeteceu-me mas não comi. Acabei por comer massa, mas em vez de comer a massa que me apetecia comi só um bocadinho com um bife grelhado e
pedi para colocarem o molho do rancho no bife grelhado. Vou fazendo assim alguns truques”
, conta a atriz adiantando que leva sempre lanche porque nas gravações diz só haver bolos e pão branco. “Depois ao jantar como sopas e antes de ir para a cama como uma gelatina com duas bolachas”, adianta. “E não passo fome! Depois aos fins de semana como tudo o que me apetece. Não sou uma mulher de extremos! Sou uma mulher com formas e não quero manter a linha quero manter as formas, porque depois também treino. Obviamente que se me apetecer ir jantar com amigos e me apetecer comer o bacalhau com natas que está na ementa peço uma coisa mais leve,
mas não deixo de jantar com eles. As pessoas fazem dieta e privam-se de tudo e não é preciso. Basta não comer o pão e o queijo das entradas e escolher um prato mais leve. São esses pequenos truques que me levam a viver uma vida mais saudável e feliz, principalmente eu que adoro comer”
, diz, confessando o que o que a faz perder
a cabeça é pão de queijo. “Se estiver um cesto à minha frente como como se fossem pipocas”, confirma a actriz que também gosta de cozinhar. “Em casa tenho dois truques. No frigorífico e na despensa só tenho coisas boas, portanto não dá para cometer erros e o segundo truque é cozinhar. Cozinho tudo. Sou muito feliz, não como só couves. Temos que conseguir ser felizes psicologicamente com as opções que fazemos porque se só vamos comer couves e alfaces ao final de uma semana estamos a tratar toda a gente mal e nada vai correr bem. Pelo menos isto acontece-me a mim que adoro comer. Se de vez em quando não comer o que me apetece não sou feliz, porque gosto muito de comer”, conclui.

“Não quero manter a linha, quero manter as formas”

Embora tenha passado o dia a gravar, Rita Pereira fez questão de estar presente no lançamento do novo livro da sua nutricionista e amiga Ana Bravo. A actriz partilhou algumas dicas que a têm ajudado a manter a forma, de maneira saudável e sem passar fome.

Rita Pereira conheceu Ana Bravo há cerca de três anos e a empatia entre elas foi imediata. Por isso, foi mais do que natural quando a actriz começou a ser seguida pela nutricionista. “Gostei logo da Ana porque é muito naturalista e vai ao encontro das necessidades de cada um. Por exemplo, disse-lhe que escusava de me tirar o pão de manhã, porque ia sempre comê-lo, e ela manteve o pão”, revelou, no lançamento do novo livro de Ana Bravo. Feliz com o seu corpo, Rita Pereira reeducou os seus hábitos alimentares com a ajuda da nutricionista e não podia estar mais satisfeita. “O meu corpo mudou muito, mas porque mudei os meus hábitos de vida: mudei a minha alimentação, comecei a treinar outra vez… A Ana faz parte desta minha mudança e é essencial, porque me ensinou muitas coisas básicas. Por exemplo, ensinou-me que o leite faz muito mal, faz celulite e retenção de líquidos. Por isso, substituí-o pelos iogurtes e pelo queijo. Quando estou a gravar, levo sempre o meu pequeno-almoço. À hora de almoço, às vezes como
no refeitório, mas não tudo aquilo que me apetece. Não sou de todo das alfaces, como massa, mas como só um bocadinho, em vez do prato cheio, como me apetece. Levo sempre lanche, pode ser fruta com um queijinho. Ao jantar como sopa e antes de ir para a cama como uma gelatina. E não passo fome. Aos fins de semana como tudo o que me apetece. Sou uma mulher de formas e não quero manter a linha, quero manter as formas. Até porque adoro comer e se não comer o que me apetece de vez em quando, não sou feliz”
, admitiu.

O “desespero” de Rita Pereira quando foi “roubada”

Há quatro anos, a Luena de A Única Mulher viu a sua página oficial pirateada. À tvmais, Rita Pereira revela aquilo que considera ser “desesperante”: “Percebi que algo se passava porque me tentava registar para entrar na página e não conseguia. Entrei no Facebook através da minha conta pessoal e vi que a minha página oficial tinha publicações que não tinha sido eu a fazer! E sou sempre eu quem faz as actualizações, mais ninguém tem acesso. Não era nada de especial, nem ordinário, por isso os seguidores até nem se devem ter apercebido”. Seguiu-se a queixa às autoridades. “Comuniquei de imediato à polícia, entrei em contacto com o Facebook internacional e pus logo duas pessoas minhas amigas a tentar solucionar o problema. Felizmente, tudo ficou resolvido em 24 horas. Sei que a polícia conseguiu descobrir quem era e que foi punido.” E quem prejudicou a actriz — e os milhares de fãs que a acompanham ao minuto —, até acabou por se arrepender. “Essa pessoa, mais tarde, enviou-me um e-mail a pedir desculpa, explicando que a brincadeira tomou proporções gigantescas.” Rita Pereira conhece bem a aflição vivida por Lourenço Ortigão, seu amigo e colega de elenco em A Única Mulher: “Senti-me impotente e com o coração nas mãos. E uma invasão de privacidade, é o mesmo que entrarem em casa de uma pessoa e lhe revirarem tudo! E foi a minha conta oficial e pública, se fosse a pessoal tinha ficado mais aflita ainda. Não que esconda segredos, mas é a minha vida privada”, remata.